quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

ver partir os do meu dia-a-dia

I., J., A., A.
um a um conheci, com a I. partilhei a experiência do retiro do doentes, partilhámos conversas que tanto me fez lembrar a minha avó. admirava a entrega dela ao seu filho. com o J. ria-me e dizia lérias, pessoa de bom coração. a A. gostava de me receber em sua casa, da última vez que a visitei até me elogiou: "está mais magra, não está!?". o A. gostava de me contar o que tinha feito na vida, no verão mostrava-me com frequência a tatuagem que havia feito na tropa.
e é isso mesmo que cada um à sua maneira deixa em mim - uma espécie de tatuagem.
vivo com eles a alegria vital que o Senhor me oferece e vejo no seu olhar, o olhar de Jesus, que me convida a dar-me e a ser melhor.*

4 comentários:

Bagorrilha disse...

gostei imenso desta partilha, porque é na simplicidade dos outros que conseguimos verificar o quanto temos a aprender, o quanto somos importantes para os outros e os outros para nós, tu tambem es importante para mim.
Vai ficando por perto
Beijos grandes

Nice disse...

És uma benção!

pipa disse...

é por tudo isto que gosto tanto de ti=)

k@jó disse...

É no dar que se recebe... É tão bom receber tanto no nosso próprio local de trabalho... :)

Fico feliz por ti e contigo ;)

Beijo